ArabicBasqueBelarusianCatalanChinese (Simplified)DutchEnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
Brasil: a terceira maior taxa de juros no mundo

Brasil: a terceira maior taxa de juros no mundo

Basta contrair uma dívida no cartão de crédito ou no cheque especial, ou no próprio crediário para comprová-lo na própria pele. Esse e o futuro da humanidade?

O Brasil é o terceiro país no mundo, com a maior taxa de juros oficial (13,75%), depois da Argentina (60%) e a Turquia (14%).

Considerando a inflação oficial esperada para os próximos 12 meses, o Brasil é o campeão mundial.

E esses são os juros oficiais. Os juros que pesam sobre a população são muito maiores, dezenas de vezes maiores. Basta contrair uma dívida no cartão de crédito ou no cheque especial, ou no próprio crediário para comprová-lo na própria pele.

Veja também

Manifesto pela “democracia” e o jogo eleitoral imposto pela burguesia

Os juros e os impostos somam no Brasil, quase 30% do PIB (Produto Interno Bruto). Ou seja, representam um tumor cancerígeno sobre os já convalescentes ingressos dos trabalhadores.

As condições deploráveis da esmagadora maioria dos brasileiros levou ainda ao endividamento generalizado, principalmente desde 2009 com a política do governo do PT de inundar o mercado com crédito público para manter a economia aquecida. Obviamente os efeitos colaterais não se fizeram esperar.

A crise capitalista mundial avança a passos largos. O dono da América Latina, o imperialismo norte-americano, e as burguesias locais lacaias busca desesperadamente descarregar o peso da crise sobre os trabalhadores e as massas.

Olha isso

Desemprego oficial e o verdadeiro Brasil

Esse é o combustível mais eficiente para um grande levante de massas, mas a burguesia não tem outra opção para manter seus lucros e privilégios. A “carta Lula” para contê-lo pode ter uma certa eficiência durante um certo período. Mas a vida é dura, ou melhor, as condições de vida estão se tornando mais duras a cada dia. E demagogia não enche barriga.

COMPARTIR:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

1 comentario en «Brasil: a terceira maior taxa de juros no mundo»

Deja un comentario

Plataforma Latino Americana