Lenin: imperialismo, fase superior do capitalismo (Parte II)

Lenin: imperialismo, fase superior do capitalismo (Parte II)

O imperialismo pra lá, o imperialismo para cá... Mas vocês realmente sabem o que é o imperialismo?

Do Canal de Telegram de Aurora Dourada

Outras 10 teses centrais do livro «Imperialismo, fase superior do capitalismo» de Vladimir Lênin são as seguintes:

– O imperialismo é a fase mais avançada e agressiva do capitalismo, caracterizada pela dominação de um pequeno número de países capitalistas avançados sobre o resto do mundo.

– O imperialismo é impulsionado pela necessidade de buscar novos mercados, matérias-primas e investimentos, já que o mercado interno dos países capitalistas está saturado.

– O imperialismo leva à concentração do capital em grandes empresas e monopólios, que dominam setores inteiros da economia e competem ferozmente entre si.

– O imperialismo é acompanhado por uma intensificação das contradições entre as classes sociais, uma vez que a riqueza se concentra cada vez mais nas mãos de uma pequena elite capitalista, enquanto as massas trabalhadoras sofrem com a exploração e a opressão.

– O imperialismo leva à militarização da economia e à busca por novos territórios para expandir o controle político e econômico dos países imperialistas.

– O imperialismo aumenta a rivalidade entre os países capitalistas, o que pode levar a conflitos militares e guerras.

– A luta pela hegemonia entre as potências imperialistas é uma das principais causas das guerras.

– O imperialismo é um fenômeno mundial e afeta tanto os países capitalistas avançados quanto os países colonizados e dependentes.

– O capitalismo na fase imperialista não funciona sem a presença forte e agressiva do Estado, que tem por função transferir cada vez mais recursos da sociedade para a valorização dos capitais parasitários;

– A luta contra o imperialismo é uma luta pelo socialismo e pela libertação dos povos oprimidos.

– A unidade da classe trabalhadora internacional é fundamental para a luta contra o imperialismo e a construção de um mundo socialista.

COMPARTIR:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deja un comentario

Plataforma Latino Americana