ArabicBasqueBelarusianCatalanChinese (Simplified)DutchEnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
A multa do TSE a Bolsonaro e a operação em pinça

A multa do TSE a Bolsonaro e a operação em pinça

Por unanimidade, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) multou o presidente Jair Bolsonaro em R$ 20 por fazer uma série de constatações supostamente "sem provas" ao sistema eleitoral. Incrível que estejamos "de acordo" com o Bolsonaro nisso. Vamos lá...

Jair Bolsonaro foi multado pelo TSE (Supremo Tribunal Eleitoral) por ter realizado declarações em contra das urnas eletrônicas no encontro dos embaixadores.

Assim a propaganda ecoada pela imprensa burguesa seria que todo aquele que questiona as urnas eletrônicas brasileiras seria bolsonarista.

Da mesma maneira, quem foi contra as vacinas obrigatórias na “pandemia” do Covid também era bolsonarista.

Essa é uma clássica política de diversionismo ou de PsyOp, guerra de operação psicológica que busca o controle do “espectro total”, ou seja, de todos os componentes envolvidos.

Na realidade, o Brasil é o único país no mundo que usa urnas eletrônicas que não são auditáveis e que ainda não emitem comprovantes físicos.

Como se isso fora pouco, vários especialistas em segurança da informação já tinham alertado sobre as falhas de segurança encontradas nas urnas eletrônicas brasileiras. O professor Diego Aranha levou o problema a uma audiência realizada no Senado Federal.

Essas considerações sobre a segurança das urnas eletrônicas não foram nem sequer consideradas.

E tudo indica que as eleições de 2018 tiveram comportamentos para lá de suspeitos. O resultado prático foi que candidatos que estavam no quarto lugar pularam em poucos dias e venceram eleições ainda no primeiro turno ou se elegeram senadores.

Enfim, o bolsonarismo foi imposto no Brasil, o massacre escalou como continuidade do lavajatismo e agora vários figurões do governo Biden têm intervindo em várias instâncias publicamente para reforçar que o governo norte-americano confia plenamente nas urnas eletrônicas brasileiras e que seus resultados não podem nem sequer ser questionados.

Me digas com quem tu andas e te direi quem tu es! (o que ainda é muito pior quando vem do principal inimigo dos povos brasileiros e latino-americanos)

Enta melhor lendo o seguinte material:
26 pontos da fraude que levaram à “vitória” do Bolsonarismo em 2018

COMPARTIR:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deja un comentario

Plataforma Latino Americana