ArabicBasqueBelarusianCatalanChinese (Simplified)DutchEnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
Como será o próximo governo Lula?

Como será o próximo governo Lula?

O povo parece quase paralisado, o que até certo ponto é realidade considerando a campanha propagandista gerando expectativas em torno do próximo governo Lula/ Alckmin. Mas as mentiras e demagogias têm pernas curtas. A realidade é muito dura.

(nas palavras do próprio PT)

Wellington Dias, que é membro da Coordenação da campanha presidencial Lula/ Alckmin, candidato ao Senado pelo PT e ex-governador do estado do Piauí, declarou ao jornal O Globo que o próximo governo Lula/ Alckmin será “um governo de centro com uma participação menor do PT do que em 2003.

A coalizão que apoia Lula/ Alckmin é a maior de todas as eleições em que o PT tem participado, principalmente por causa da adesão em massa da direita não Bolsonarista.

É a política da “frente ampla” imposta pelo governo Biden para a América Latina, como reflexo da política aplicada nos Estados Unidos de “todos contra Trump”.

A direitização de Lula e o PT não só tem se tornado cada vez mais evidente, mas se trata da política do imperialismo para a região neste momento.

Começou com o governo Boric no Chile, dando sequência às políticas direitistas de Sebastián Piñera.

Continuou com a eleição de Gustavo Petro no estado mais narco-paramilitar da América Latina, a Colômbia.

Agora continua com a eleição de Lula/ Alckmin que é favas contadas. Até a hiper golpista Rede Globo a apoia de maneira aberta, inclusive agora divulgando que a vitória poderá ser no primeiro turno.

A saída da burguesia e a saída do povo para a crise

O circo eleitoral no Brasil é grotesco não só pelo fato do Lula ter como vice um direitista do porte do quatro vezes ex governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, mas porque o Bolsonarismo e a direita mais recalcitrante está nadando de braçada nas candidaturas para deputados, senadores e governadores, à sombra do líder popular Lula da Silva.

A política de controle do espectro total por meio de pinças ficou mais do que evidente na propaganda sobre as urnas eletrônicas. Quem não for a favor seria supostamente bolsonarista.

O imperialismo norte-americano precisa pacificar o seu quintal traseiro para ir à guerra como “saída” para a maior crise da sua história.

A saída dos trabalhadores e do povo brasileiro para a crise capitalista passa pela mobilização nas ruas contra a espoliação e a política de terra arrasada contra as suas condições de vida.

O povo parece quase paralisado, o que até certo ponto é realidade considerando a campanha propagandista gerando expectativas em torno do próximo governo Lula/ Alckmin.

Mas as mentiras e demagogias têm pernas curtas. A realidade é muito dura.

No próximo ano, o brasileiro deverá enfrentar-se à dura realidade das suas condições de vida indo para o ralo. E será obrigado a lutar sob pena de morrer por inanição.

O futuro ainda está para ver-se, considerando que nós não temos uma bola de cristal. Mas é evidente que o confronto entre as classes sociais antagônicas está cada dia mais próximo. O nosso dever como revolucionários é atuar e influenciar a situação política real em prol da derrota do capital.

COMPARTIR:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

1 comentario en «Como será o próximo governo Lula?»

Deja un comentario

Plataforma Latino Americana